O que queremos. Porque podemos!

É verdade que falta referências para dizer do Brasil que queremos, mas não é verdade que não somos capazes de dizer, cada dia com mais clareza, um pouco do que queremos. E a única forma de fazer isto é dizendo. Este blog é um espaço coletivo de aprendizado e comunicação política. Porque mesmo que as novidades ainda não tenham nome, as pessoas já chamam por elas.

O novo campo conservador que assume as rédeas do governo em Brasília não nos representa. Para além de suas concepções elitistas, racistas, machistas e pouco científicas, as diretrizes de privatizar o Brasil e cortar direitos sociais não convence de que nos trará soluções nem tampouco têm nada de novo nisso.

Por outro lado, não achamos que os anos que o Brasil viveu sob o comando do PT é exemplo de uma construção diferente. A tradição petista usou da confiaça que tinha junto aos trabalhadores Brasileiros para roubar e restringir nosso horizonte de mudanças ao menos pior, qualquer coisa não-PSDB, qualquer coisa não-Bolsonaro. Não nos serve.

Aqui esperamos conseguir desenvolver com calma, e sem o furor de paixões, o que queremos, por que podemos. Esperamos aprender mais neste processo e quem sabe ajudar a formar um novo radicalismo político ao mesmo tempo inclusivo, combativo, inteligente e sério. Temos toda certeza de que o melhor que o Brasil, ou nosso estado ou nossa cidade, pode fazer pelo seu povo é muito mais que as insuficientes experiências que vivemos desde a redemocratização, incluindo a velha novidade dos dias de hoje.

Publicado por iuri muniz

Funcionário público da educação e ativista sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *